«há música, poesia, força e sentimento na tua prosa»



Ti Palmira

- O carvalho do rapaz, que te deixou isto tudo sujo, menina!
- Não seja assim, Ti Palmira, que o rapaz volta à tarde. Foi almoçar.
- Atão?! O moqueiro! Não podia ter trazido a bucha de casa?