«há música, poesia, força e sentimento na tua prosa»



...

Deus, do alto do seu cinismo maquiavélico, fez o ser humano como o único animal incompleto, para poder acompanhar a novela de pobre bicho em constante demanda. 
Somos seres canibais, devoramo-nos porque nunca (nos) somos suficientes.