«há música, poesia, força e sentimento na tua prosa»



[Não te contei do bicho que me rói as vísceras, de cada vez que as palavras são oferta. Não há castração maior do que a hipótese de falhar aos que nos esperam. Pelo que, não receando as opiniões, mas temendo a benevolência, opto pelo silêncio e partilho. Obrigada.]