«há música, poesia, força e sentimento na tua prosa»



 «Diante do semialfabetismo do Chiado, até apetece valorizar o puro analfabetismo do resto do país. Nele, ao menos, perdura uma virgindade espiritual que ainda dá esperanças...

Miguel Torga, 14/05/1960»