«há música, poesia, força e sentimento na tua prosa»



aos que dormem tranquilamente a comer o amor: «a abóbada celeste acaba de ruir»


Subitamente Jade entrou num lento movimento, que eu não podia comparar àquele em que ele corria pelos prados, em Herbais. Era um movimento inverso da velocidade, ou talvez, o movimento do fim da velocidade.



The Metamorphosis, Jean Hugo (1929)



[título e texto de mesmo livro (Amar um cão) de Llansol]