«há música, poesia, força e sentimento na tua prosa»



As oliveiras agitam-se, rentes ao solo, as nuvens avançam, desde o céu. A tempestade começa.